quinta-feira, 24 de agosto de 2017

Clube Melissa traz sapatos inspirados no mapeamento de moda







Em um momento em que fronteiras são questionadas mundialmente, a representação oficial de territórios e suas características ganha nova perspectiva. É nesse contexto que Melissa encontra o ponto de partida para a criação de seu Verão 2018: MAPPING. Mais do que localização, MAPPING se inspira no mapeamento da cultura de moda de lugares e não-lugares onde pessoas tornam-se agentes locais das regiões em que circulam, transformando e conectando, na vida real, pontos no papel.

O resultado disso é uma coleção carregada de referências que dão a volta ao mundo em todos os detalhes, desde seu design até o nome dos produtos. Entre os destinos visitados pela marca está a pulsante Rússia que, nesta temporada, foi traduzida em modelos inéditos e cheios de bossa.

A Melissa Ulitsa, que significa “rua” em Russo, é uma das grandes apostas de Melissa para o Verão 2018, trazendo todo conforto e irreverência do streetstyle em um modelo desenvolvido em full plastic. Inspirado nos sneakers, o lançamento se destaca por detalhes como a palmilha grenflex e o cadarço em poliéster. Na paleta de tons, opções que vão dos neutros aos mais intensos.

Para quem não abre mão de um salto e muito conforto, a Melissa Dubrovka, cujo nome faz referência ao bairro homônimo, mescla o clássico e o contemporâneo de maneira única. Inspirado no tradicional Oxford, o modelo traz design robusto - que conversa com o universo masculino - e também detalhes superfemininos, como o confortável salto médio.

Já a Melissa Kazakova, também inspirada em uma cidade de mesmo nome, chega com shape que lembra um legítimo sapato de boneca, contrastando a delicadeza dos seus traços com a força da sua cartela de cores que vai do bege ao bordô.

Os três modelos já estão disponíveis em Clubes Melissa de todo país.