quarta-feira, 26 de abril de 2017

Varejo projeta crescimento para o segundo semestre deste ano e busca renovar estoques




Lojistas de diferentes estados brasileiros desembarcam em Gramado (RS) no mês de maio com a missão de conhecer os principais lançamentos para a primavera e verão. O objetivo é se preparar para a retomada das vendas no varejo, esperada justamente para a partir do mês de setembro, quando as vitrines estarão ocupadas pelos produtos em exposição no XXVI SICC - Salão Internacional do Couro e do Calçado, evento realizado na cidade da Serra Gaúcha. O SICC ocorre nos dias 22, 23 e 24 de maio nos pavilhões do Serra Park.

Acreditando na retomada das vendas para a coleção de primavera/verão, o proprietário da Casa Bragança, rede de lojas com seis unidades em Minas Gerais e no Paraná, Júlio Alberto Leme, chega a Gramado em busca de oportunidades. “As vendas no Dias das Mães serão um importante termômetro do varejo brasileiro em 2017. Apesar disso, projetamos a retomada com as coleções para o verão, por isto vou com a intenção de aproveitar todas as oportunidades que surgirem na feira. Estou indo atrás das melhores condições, em busca de prazos e descontos”, afirma o empresário, que considera excelente a data da feira para sair na frente dos concorrentes na busca por oferecer produtos diferenciados para seus clientes.

Outro objetivo dos empresários do varejo no SICC é conhecer os lançamentos e tendências da moda. André Luiz Miranda, diretor comercial da Polyelle, rede com 63 lojas em Brasília, Goiás e no Nordeste, afirma que a feira é também um momento de trocas no setor. “É muito importante falar com os gestores das empresas. Ver o olhar deles para o mercado. Ver como acreditam que a situação econômica vai ficar, quais as definições. Também gostamos de conhecer a linha de marketing, o apoio aos lojistas, enfim, o posicionamento das marcas”, ressalta.

Reunindo as principais marcas da indústria calçadista brasileira, o SICC auxilia também o varejo na definição de suas apostas nos produtos que mais venderão na estação. “Minha atuação na feira vai ser de acordo com as novidades, as novas coleções. É uma chance de checar as pesquisas que a empresa faz e definir as apostas certas para a próxima estação, a temporada que mais vende no ano. Sempre saímos do SICC com a sensação de um conhecimento mais aprofundado sobre os produtos e o próprio segmento”, explica Josival Nazareno Avanzzi, gerente de compras da Humanitarian Calçados, rede com 50 lojas, com sede em Atibaia, São Paulo.