quinta-feira, 10 de novembro de 2016

Memórias de Ronaldo Fraga chegam a Porto Alegre


Estilista mineiro reúne processos e registros gráficos na exposição “Caderno de Roupas, Memórias e Croquis”, 

que em Porto Alegre tem patrocínio das Lojas Pompéia

Ronaldo Fraga apresenta em Porto Alegre a exposição Caderno de Roupas, Memórias e Croquis, uma visão de sua moda como registro gráfico — assinatura de quem cria e também dialoga com a cultura de um país. A mostra reúne material das 40 coleções do estilista mineiro e estreia, para convidados, no dia 8 de novembro, na Sala Augusto Meyer, na Casa de Cultura Mario Quintana, na capital gaúcha. O projeto é patrocinado pelo Itaú e pelas Lojas Pompéia através da Lei Federal de Incentivo à Cultura. Em POA, fica em cartaz de 9 de novembro a 11 de dezembro. 
Entre croquis, material gráfico, vídeos e roupas, serão ao todo nove ambientes em instalações que, mais que convidar a um mergulho no universo e no processo criativo deste multiartista, provoca várias análises da moda como um vetor de reafirmação e apropriação cultural. “Moda é interpretação de texto e contexto social, histórico, econômico e cultural. Moda é técnica, textura, cores, tecidos e negócio. Mas, para mim, moda é antes de tudo a transformação do olhar por meio da escrita pessoal do indivíduo nas suas escolhas do vestir”, comenta Fraga.
A intenção é desvendar pequenos vestígios de uma escrita particular, desenhadas pelo estilista mineiro e vestidos nos outros. “Por riscos, rabiscos e esboços desenhei histórias absurdas do homem comum. Transformei música, literatura, cultura brasileira e alguns ‘buracos’ do meu tempo em roupas-desenho e desenhos-memória. As mãos do velho-menino-que-conheço desde sempre ainda coçam diante de uma caixa de lápis de cor. A vontade de ilustrar uma nova história para vestir é o que não me deixa descer do balanço, porque este é o meu parque de diversões”, completa.
A mostra, reunindo então 40 coleções, foi apresentada em Belo Horizonte, na Casa Fiat de Cultura, em outubro de 2012, e atraiu mais de 45 mil visitantes. 
O que: “Caderno de Roupas, Memórias e Croquis”
Horário de funcionamento: terças a sextas, das 10h às 19h, e sábados e domingos, das 12h às 19h
Local: Casa de Cultura Mário Quintana – Sala Augusto Meyer
Patrocínio: Itaú e Lojas Pompéia